Bardamerda para quem falou mal da formação!


E não é que o Sporting é neste momento o líder isolado com 4 pontos de avanço sobre o adversário de hoje!
Em Juvenis estamos em 2ºlugar a 1 ponto do líder que é o Carnide mas o Sporting tem um jogo a menos...
Em Juniores estamos em 3ºlugar a 3 pontos do líder V.Guimarães mas o Carnide está em penúltimo e o FCPorto está a 4 pontos do Sporting!
Está mal mesmo muito mal a formação leonina, dizia o anormal do City Lion!
Vamos ver como acaba a época e depois falamos!

Sporting 2 - Nacional 0...Pouco Sporting para demasiado Bas Dost!



SPORTING: Rui Patrício, Schelotto, Coates, Ruben Semedo, Zeegelaar, William Carvalho, Bryan Ruiz, Gelson Martins, Matheus, Alan Ruiz e Bas Dost
1-0 Bas Dost aos 13 min.
2-0 Bas Dost aos 34 min.
AO INTERVALO: 2-0
Aos nossos leitores pedimos desculpa por esta semana não termos feito publicações, a esse facto está associada uma semana terrível a nível profissional mas vamos ao jogo…
O Sporting entrou bem e pareceu querer ter sempre o jogo controlado, não que tivesse feito uma exibição de grande nível mas teve alguns momentos de bom nível mas a jogar com pouca velocidade e a não empregar agressividade nos momentos defensivos e que acabaram por dar ao Nacional algum à vontade para poder se aproximar da nossa área, a verdade é que dessas mesmas aproximações apenas por uma ocasião a bola podia ter entrado na nossa baliza num remate de fora da área quando o resultado já se encontrava em 1-0 e antes disso o Sporting poderia ter mesmo chegado ao segundo golo na única oportunidade para o poder fazer se excluirmos os lances dos dois golos marcados, aliás o Sporting acaba por chegar aos dois golos de vantagem em dois lances de bola parada, porque em termos de bola corrida a equipa do Sporting em termos ofensivos foi uma nulidade!
Não que tivesse jogado mal mas a equipa continua a não apresentar soluções para criar lances de perigo para as balizas contrárias, a nossa sorte é mesmo termos neste momento um Bas Dost de pé quente!
Quanto ao boi do apito, no lance do golo invalidado ao Sporting a equipa de arbitragem esteve bem mas depois o boi tem dois exageros claros ao mostrar o amarelo a Ruben Semedo e a Schelotto e deixa no bolso o amarelo a um jogador do Nacional no lance que antecede o segundo do Sporting numa entrada perigosa sobre Alan Ruiz!
A 2ªparte foi tão fraca mas tão fraca que a dada altura quase que dava para adormecer tal foi a mediocridade da exibição do Sporting, o Sporting que em toda a 2ªparte não conseguiu criar um único lance de grande perigo para a baliza do Nacional, tivemos um lance de Alan Ruiz num remate de fora da área, depois é Gelson que numa boa iniciativa individual remata para a defesa do guarda-redes do Nacional e depois é Bruno César que dentro da área remata ao lado e isto foi o Sporting da 2ªparte, medíocre e fraquinho, o Nacional que havia levado sete no Dragão esta noite em Alvalade teve por exemplo 46% de posse de bola, porque se vê a exibição do Sporting, o Sporting continua a não denotar capacidade de criação de lances de ataque e finalização e não tivéssemos um avançado que temos e que está de pé quente estaríamos muito mais longe dos dois primeiros e com o Braga a morder-nos os calcanhares na luta pelo 3ºlugar!
Bas Dost não sabe jogar mal, Coates mais uma vez imperial, não se entendeu a saída do Paulo Oliveira da equipa, Schelotto esteve certinho e também Marvin hoje certinho!
Bryan Ruiz nos movimentos ofensivos muito bem na posição “8” mas falta-lhe agressividade nos momentos defensivos!
Quem entendeu a saída de Matheus?
Vencemos mas voltámos a não convencer!

Tondela 1 - Sporting 4..."Bardamerda" para Bas Dost!



SPORTING: Rui Patrício, Schelotto, Coates, Paulo Oliveira, Zeegelaar, William Carvalho, Bryan Ruiz, Gelson Martins, Matheus Pereira, Podence e Bas Dost
0-1 Bas Dost aos 33 min.
AO INTERVALO: 0-1
1-1 Murillo aos 53 min.
1-2 Bas Dost aos 55 min.
1-3 Bas Dost (pen.) aos 71 min.
1-4 Bas Dost (pen.) aos 77 min.
Nota para cinco jogadores da formação do Sporting no banco de suplentes e depois é só somar os que jogaram de início e veja-se quanto está mal a formação do nosso clube dizem os “bardamerdas”!
Mas vamos ao jogo…
O Sporting durante a 1ªparte teve sempre o jogo controlado, não que tivesse feito uma exibição de “encher o olho” mas sempre por cima no jogo e sempre muito perto da área do Tondela, Tondela que se nota ser uma equipa com enormes dificuldades, bastava o Sporting imprimir mais velocidade no jogo e teríamos chegado ao intervalo com o jogo “resolvido”!
Como já referimos, o Sporting não criou grandes oportunidades para poder alargar a vantagem mas o que se viu foi uma equipa verde e branca a jogar um futebol agradável e com Daniel Podence a assumir-se como o “maestro” e sempre que a bola chegava aos pés do “menino” saia sempre redonda para os companheiros e basta relembrar a assistência para o golo de Bas Dost e ainda uma assistência para Matheus que isola o extremo do Sporting que infelizmente estava fora-de-jogo, ficava na cara do guarda-redes do Tondela e podia aí fazer o segundo golo!
O Tondela que praticamente não incomodou Rui Patrício e só mesmo através de lances de bola parada conseguiu levar a bola à área do Sporting mas sem que tivesse criado um lance de grande perigo, apenas num canto tem um remate do lateral esquerdo que envia a bola bastante ao lado da baliza de Rui Patrício num remate de primeira!
Podence, Matheus e Gelson fizeram “miséria” nos médios do Tondela , ficou a faltar a criação de lances de perigo evidente!
Bryan Ruiz a jogar na posição “8” parece estranho e não dá aquela velocidade que tanto se precisa mas em compensação o posicionamento de Podence imprimi muita criatividade e opções de abrir buracos na defensiva contrária, será que está encontrado o “parceiro” de Bas Dost até final da época?
Vantagem justa do Sporting ao intervalo, foi a única equipa que procurou atacar a baliza contrária mesmo com uma percentagem muito baixa de remates, após o golo apenas um cabeceamento de Paulo Oliveira num canto é a exceção a essa fraca apetência do Sporting para rematar à baliza do Tondela!
Gostaríamos de ver Francisco Geraldes a jogar na posição “8”, vamos ver se Jorge Jesus mete o miúdo em campo na 2ªparte!
Duas grandes oportunidades de golo para o Sporting logo no inicio da 2ªparte e logo aí poderia o jogo finalmente ter ficado resolvido mas infelizmente o Sporting acabaria por sofrer mesmo o empate a uma bola no único lance em que o Tondela cria perigo para a nossa baliza e depois o Sporting na jogada seguinte acaba por chegar de novo à vantagem mas logo na jogada seguinte é Rui Patricio que evita de novo o empate e foi ali que acabou o Tondela que só mesmo em bolas paradas se aproximou neste jogo da nossa baliza, foi no golo e depois no livre que Rui Patrício evita o empate a duas bolas!
Depois disso o Sporting controlou o jogo e acaba por marcar mais dois golos através de duas grandes penalidades convertidas por Bas Dost!
Bas Dost que é verdade que converteu duas das três grandes penalidades apontadas a favor do Sporting, sim três grandes penalidades a favor do Sporting num jogo apitado pelo lamparina do Bruno Paixão, caso raro e mais quando as três grandes penalidades são bem assinaladas mas voltando a Bas Dost como marcador de grandes penalidades, a primeira é bem convertida, na segunda tem a sorte de a bola passar por baixo do corpo do guarda-redes do Tondela mas com felicidade a bola entra e depois volta a marcar da mesma forma e o guarda-redes do Tondela defendeu mas não é caso para “alarme”, apenas pedimos a Jorge Jesus que pense bem em escolher outro “marcador” de grandes penalidades ou meter o holandês a treinar melhor neste capitulo!
Mas o que interessa é mesmo a vitória do Sporting e realmente merecida, esteve sempre por cima no jogo!
Os miúdos desapareceram do jogo na 2ªparte, Matheus bem melhor que Podence na 2ªparte onde foi mais discreto depois de na 1ªparte ter estado a um nível altíssimo!
Alguém me explica porque é que Francisco Geraldes entra no jogo só a cinco minutos do final?
Porque não saiu Bryan Ruiz e deixava Matheus em campo e entraria Geraldes para a posição “8”?
Podence partiu a "loiça toda" na 1ªparte e tem ali Jorge Jesus uma excelente opção para jogar nas costas do avançado!
Bardamerda para aqueles que estavam a torcer para que o Sporting perde-se de novo pontos mas tiveram de se contentar com uma grande penalidade falhada!
- Claro que o titulo desta publicação é uma ironia!

A expulsão de sócio era bem "esgalhado"?


A expulsão de sócio era bem "esgalhado"?
Dias Ferreira "desmonta" a "cabala" do cantor...vejam o video em baixo!

São uma pequena minoria "pah", tal como vermes!


Em baixo passamos a apresentar a tabela dos resultados eleitorais das ultimas eleições no Sporting...

















Clica na imagem para ver melhor
Qual é a leitura que fazes destes resultados?
A nossa leitura é a que está no titulo desta publicação!
Um sinal claro que o Sporting está unido, um sinal claro que os vermes não passam de meia-dúzia!

Continuem a debater o "bardamerdas"!


Já que gostam tanto de ladrar vamos ver até onde vai a imaginação dos comentadeiros do blog e o que dizem os anti-Sporting e os "bardamerdas" que por aqui aparecem!
Ontem no "curral" Prolongamento da TVI24 o besunta gordo do Pedro Morsa Guerra apresentou um suposto email enviado por José Fontelas Gomes para o Sporting, vejam...
Agora a pergunta que se impõe é a seguinte:
- Como é que este "bardamerdas" gordo tem acesso a este tipo de documentos?
Temos de estar calados, o presidente do Sporting deve assobiar para o ar?
Qual é a opinião dos comentadeiros anti-Sporting?
E a FPF e a Liga vão continuar a permitir este tipo de coisas sem sequer se darem ao trabalho de investigar?

Sporting 1 - V.Guimarães 1..."Bardamerda" para esta equipa e treinador!



SPORTING: Rui Patrício, Schelotto, Paulo Oliveira, Coates, Esgaio, William Carvalho, Bruno César, Bryan Ruiz, Gelson Martins, Alan Ruiz e Bas Dost
1-0 Alan Ruiz aos 35 min.
AO INTERVALO: 1-0
1-1 Marega aos 75 min.
Mais um jogo em Alvalade e com o Sporting a jogar primeiro para Sul!
O que costuma acontecer nos jogos em casa quando jogamos primeiro para a Curva Sul é que as coisas não costumam correr bem ou correm menos bem!
Mas o Sporting entrou muito bem no jogo com muita dinâmica e com agressividade e velocidade de processos por parte da nossa equipa mas a verdade é que o Sporting tirando o golo não mais conseguiu criar lances de grande perigo para a baliza vitoriana!
Hoje vimos um Bas Dost muito forte nas tabelas com os companheiros, a estar sempre disponível para as jogadas de ataque do Sporting e está em todas as boas jogadas de ataque do Sporting!
A entrada de Bruno César para o lugar de Adrien revelou-se uma excelente opção por parte de Jorge Jesus e o brasileiro a imprimir uma boa dinâmica de ataque e com alguns momentos que nos deliciaram, relembro uma abertura para a esquerda para Bryan Ruiz!
O único senão do onze do Sporting foi mesmo a inclusão de Esgaio na esquerda onde demonstrou enormes dificuldades com Hernâni pela frente e também com as aparições de Hurtado por esse mesmo flanco mas é dos pés de Esgaio que sai o cruzamento para o golo que dava vantagem ao Sporting ao intervalo, perante um adversário bastante complicado como o é o V.Guimarães que tem bons interpretes do meio-campo para a frente e que são bastante rápidos e que acabou por criar alguns calafrios para a nossa defesa em alguns lances pelo seu flanco direito!
Acaba por ser uma primeira meia-hora de altíssimo nível de ambas as equipas e jogado a um ritmo alucinante mas que acaba por depois acalmar derivado ao golo do Sporting e com isso a nossa equipa colocou algum “gelo” no jogo!
Cartão amarelo exagerado a Bruno César mas aceita-se mas depois é o nosso jogador que é castigado com uma falta violenta que quase lesiona o médio leonino e Jorge Boi Sousa a apenas mostrar o amarelo ao jogador vitoriano!
Resultado justo ao intervalo, o Sporting foi superior em ataques e em posse de bola e foi eficaz mesmo sem criar muitos lances de perigo!
Uma 2ªparte que foi no mínimo medíocre para não utilizar outros adjectivos para classificar a exibição do Sporting neste período do jogo!
Ritmo muito baixo, equipa sem agressividade e a dar a iniciativa do jogo aos visitantes, de futebol viu-se muito pouco por parte do Sporting, é verdade que os vitorianos também pouco ou nada incomodaram o nosso último reduto mas o Sporting preocupu-se mais em não jogar e a não procurar um segundo golo que nos pudesse dar o descanso necessário perante um adversário sempre perigoso como o é o V.Guimarães!
O Sporting que só aos 67 minutos tem um remate de Campell de relativo perigo e acaba por ser Marega que tem a melhor oportunidade para empatar e acaba mesmo por empatar, foi a equipa que na 2ªparte mais “quis” chegar ao golo, pelo menos o seu treinador Pedro Martins tentou e arriscou, colocou “toda a carne no assador” e tirou dividendos disso mesmo!
Bryan Ruiz arrastou-se dentro do campo durante todo o tempo que esteve em campo!
Bruno César estava a ser um dos melhores e saiu!?
O Sporting que nem por uma vez criou oportunidades de golo durante toda a 2ªparte, a equipa entrou pareceu-nos “alheada” do jogo na 2ªparte e pagou bem caro isso mesmo!
Grande jogo de Bas Dost, talvez a melhor unidade do Sporting durante este jogo, a única vez que teve hipótese de marcar ofereceu o golo a Alan Ruiz e não mais recebeu bola em condições!
Falta de atitude desta equipa, continua a não se ver futebol desta equipa, Jorge Jesus tem muitas responsabilidades neste resultado e em toda a época miserável que esta equipa tem vindo a fazer, o 2ºlugar com este resultado acabou esse sonho e é segurar este 3ºlugar que é pouco muito pouco mas exigia-se mais desta equipa neste jogo depois de estar a vencer, mesmo sem convencer, exibição medíocre e resultado justo parece-nos!
Assobios no final, seriam para quem?
Escusado será dizer que escusam os porcos de Carnide de tentarem comentar porque mais uma vez verão os vossos latidos a não serem publicados!
Esperamos que algumas "Madalenas ofendidas" não se sintam mal com esta crónica, é a nossa visão sobre o jogo!
Estamos a 12 pontos da liderança!

Mensagem final para Pedro Madeira Rodrigues!



Desejamos que o ridículo vá "Bardamerda" e todos os seus ridículos e poucos apoiantes!
Como é óbvio incluímos todos os 6 milhões de apoiantes vermelhos do ridiculoso!
Apelamos a todos os leitores do blog que são adeptos do Carnide que não percam mais tempo a tentarem comentar as nossas publicações porque os vossos vómitos não serão aprovados!
Que tens tu leão de verdade a dizer a Pedro Madeira Rodrigues depois dos resultados das eleições?
Regressar ao antro Camarote Leonino?
Ocupar um lugar num painel de "comentadeiros" anti-Sporting num canal generalista?
Se calhar o melhor é ir a correr ao Centro de Emprego da sua área de residência para se inscrever para poder assim receber o subsidio de desemprego visto que deixou o emprego para se candidatar à presidência do Sporting!
Ou será que fica por casa a jogar Fifa juntamente com o Boloni e com Juan de Ramos?

Esmagaram-se os vermes pah!


Conselho Directivo
Lista B: 86,13%

Lista A: 9,49%


Conselho Fiscal:
Lista B: 82,72%
Lista A: 10,55%

Conselho Leonino: 
Lista B : 64,35%
Lista C : 20,67%
Lista A: 9,07%
Depois destes resultados é preciso dizer mais alguma coisa?
É preciso dizer que afinal o Sporting está unido e que uma minoria de vermes e os nossos rivais querem desunir e acabar com o Sporting?
Quanto ao City Lion apenas lhe dizer que pode voltar lá para o buraco de vermes que é o Camarote Leonino e que deveria era pedir desculpas a todos os sportinguistas pela vergonhosa campanha que fez, igual a ele só mesmo os nossos rivais!
Não vale a pena dar mais importância a esse ridículo!
Entretanto deixamos um exemplo do que é um verme(cliquem) que se diz sportinguista!
Um dos maiores "apoiantes" do ridiculo!
Viva o Sporting!

Pedro Madeira Rodrigues faz campanha em dia de eleições!


O ridículo não se conseguiu conter esta manhã quando se dirigia para votar em Alvalade, quando questionado sobre a possível contratação de Taison, o mesmo afirmou que o jogador já teria sido abordado e afirmou perentoriamente que o iria contratar!
Uma acção de campanha em directo para as câmaras de televisão em directo em dia de eleições!
Ilegalidade cometida pelo ridiculo, vamos ver se no caso de derrota nas eleições não mete com "joguinhos" e fait-divers sobre o acto eleitoral!
Nós antevemos uma vitória clara de Bruno de Carvalho!
A sondagem que decorreu aqui no blog dá uma vitória clarissima a Bruno de Carvalho, noutros blogs do Sporting a vitória de Bruno de Carvalho é também clarissima, o exemplo disso mesmo é a sondagem que ainda decorre no blog Sporting Visto Por Nós(cliquem), e pelo feedback que vamos ouvindo da boca dos associados que estão a votar a vitória de Bruno de Carvalho será "esmagadora"!

Pedro Madeira Rodrigues não tem limites para a burrice!


O "ridiculo" não pára e hoje tem na nossa humilde opinião a melhor "facada" nas suas fracas aspirações de vir a ser presidente do Sporting, saiu-se com esta frase:
" Falei com Godinho Lopes, Dias da Cunha e José Eduardo Bettencourt para perceber melhor o Sporting!"
O que tens a dizer sobre isto?

Continua a mentira dos 113 anos!


Ora vamos lá a desmascarar mais uma trafulhices do clube dos drogados, putaria e porcos de Carnide!
Em 1910 festejavam o seu 4ºaniversário e passados 107 anos eles dizem que fazem 113 anos, então mais 107 mais 4 não dá 111?
As imagens são relativas a um jornal da época de seu nome Tiro e Sport!





















Manter o Rumo Certo ou voltar à deriva?


Desde certa altura, Madeira Rodrigues foi conotado com o Benfica, e o candidato sentiu-se na necessidade de sair a público com mais uma daquelas tiradas desesperadas a que já nos habituou:
"Sempre fui muito anti-benfiquista".
À partida, isto nem sequer devia ser assunto para um candidato a presidente. E, na verdade, aquilo que dizem ambas as versões é impreciso, redundante e indiferente:
A questão não é se MR está pelo Benfica, mas sim o facto de o Benfica estar por MR.
E é a isto que o candidato não consegue dar a volta. Por culpa própria.
Mais, nem sequer é só o Benfica: a generalidade dos nossos adversários, que estão empenhados em defender os seus interesses próprios, estão por MR.
Claro que a "máquina de propaganda" é a mais visível, ruidosa e militante. Mas basta folhear as páginas dos "nortenhos" OJogo ou Jornal de Notícias, ou ouvir certos comentadores "azuis", para perceber que é do interesse de todos eles promover tanto quanto possível MR.
O objectivo é claro: eliminar do Sporting aquele que se tem constituído como o maior obstáculo aos intentos adversários e capaz de manter o Sporting no crescendo que tanto os incomoda e perturba.
Desejam um Sporting enfraquecido, de volta ao estatuto de manso, que deixe de ser um adversário problemático, que permita o regresso de uma competição exclusivamente a dois, enfim, que pare ou até regrida no encurtar galopante das distâncias que eles durante anos tanto se esforçaram para ampliar.
E, para isso, sabem bem que não têm escolha: precisam de eliminar o férreo Bruno de Carvalho da equação.
A partir do momento que perceberam que a candidatura de Madeira Rodrigues servia que nem uma luva os seus intentos, porque estavam perante um candidato fácilmente comestível, sem qualquer capacidade de lhes fazer frente, sem chama, de programa vazio, agarrado a um populismo errático, sem ideias substantivas ou consistentes - algumas delas mesmo risíveis - agarraram-se a ele que nem uma lapa e apostaram as fichas todas nessa candidatura.
O pobre MR nem pôde fazer nada. Ainda mal tinha começado a campanha e já estava a ser comido de cebolada por adversários que se estão a borrifar para ele (nem "parceiros estratégicos" são!) e apenas precisam da sua inépcia patente.
E tem sido uma festa: CM, ABola, TVI24, DN, e demais piriquitos e papagaios da "máquina de propaganda" deram asas à imensa capacidade de hipocrisia que há neles... e vai de fazer campanha à séria por este candidato, colocando-o "sempre na frente"... das capas, da ordem do dia, dos assuntos relacionados com o Sporting.
Desde "sondagens" incrívelmente manipuladas, para o colocarem "perto de conseguir" (basta ver a respectiva ficha técnica, para perceber os intentos manhosos que fabricaram aqueles resultados!!!), a comentários e crónicas mais ou menos encapotadas mas sempre hipócritas, a títulos bombásticos e toda a sorte de descontextualizações e criação de sound-bytes, deitaram mão a tudo o que têm conseguido para tentar sujestionar os sócios leoninos a escolher o "salvador" MR, procurando alimentar a ideia de que "Bruno de Carvalho nem pensar!".
O único que adoptou uma versão algo diferente, diga-se em abono da verdade, foi o aparentemente "proscrito", Rui Gomes da Silva, que manteve a verborreia do costume: "Quero é que Bruno de Carvalho lá fique por muitos anos".
Está habituado a usar este tipo de pseudo psicologia invertida, plena de hipocrisia, para conseguir fazer passar os seus intentos junto da lampionada e tenta aplicar a mesma receita aos sportinguistas, na expectativa de que sejam pelo menos tão burros e em tão grande quantidade como na turba lampiã, para que caiam na léria e levem o resultado da eleição para onde lhe interessa.
Neste cenário, bem pode o desgraçado do MR tentar gritar o seu "antibenfiquismo". A "máquina de propaganda" vai continuar a promovê-lo com unhas e dentes e não há volta a dar-lhe: é o candidato que querem ver como Presidente do Sporting, ponto.
Dito de outra forma, é um candidato 2 em 1 para eles: é um instrumento na tentativa de abate de Bruno de Carvalho, e dá a total segurança de que nunca se tornará num adversário à altura no futuro.
Madeira Rodrigues não é benfiquista, mas o benfica é, definitivamente, "rodriguista"!
E o candidato, infelizmente para si próprio, só os tem ajudado, com os consecutivos tiros nos pés que tem dado. Como se não bastasse aquele deserto de consistência e substância que intitulou de "programa", ainda segue numa linha comunicacional errática, de um populismo barato, cheia de equívocos avulsos e tiradas cada vez mais desesperadas. É disto que eles gostam e querem: vazio e divisão!
No debate, em que tinha a possibilidade de emendar a mão, mostrar competência e demarcar-se do perfil fraco que está cada vez mais evidente, MR deixou bem a nú as debilidades que tem. Tudo expremido, sobrou nada ou perto disso: alguém sem chama, que concorre por pruridos e incómodos éticos, e pouco mais.
Não foi, por isso, sem uma boa dose de perplexidade, que se assistiu às palavras com que celebrou a "vitória" no debate (obviamente muito aplaudidas e propagadas pela "máquina de propaganda"). Um candidato que se mostrou sem envergadura nem perfil, sem um projecto digno desse nome, que recorreu a lugares comuns para resolver uma falta de conhecimento aflitiva dos dossiers e até da realidade Sporting, que não pestanejou em recorrer a sound-bytes, mesmo quando isso podia colocar em jogo interesses estratégicos do clube e da SAD, enfim, que mostrou muito pouco, para não dizer nada, com uma postura de uma pobreza "franciscana" e até contraproducente... e se vangloria de "ganhar o debate"... deixa qualquer um a pensar na justeza da escolha vermelha: colocando-nos na pele deles (e dos tripeiros também), ficou claro que este é, inevitavelmente, o candidato que lhes faz sentido apoiar.
E se fosse ao contrário, nós desejaríamos o mesmo! Não teríamos, decerto, uma "máquina" a tentar vendê-lo, mas identificado o "elo mais fraco" também iríamos puxar por ele, com fito no enfraquecimento do adversário!
Na mesma medida, importa-lhes tentar a derrota de Bruno de Carvalho ou, se não for possível, pelo menos tentar impedir uma vitória retumbante. Precisam como de pão para a boca de um Sporting degradado, seja pela promoção de uma presidência pífia, seja por uma divisão dos sportinguistas, tanto maior quanto possível, se a primeira opção não for possível.
Fez bem Bruno de Carvalho, ater-se ao concreto, ao substantivo, ao que verdadeiramente interessa e que qualquer um, com um mínimo de honestidade intelectual não deixará de lhe reconhecer. Para alguém que deu tanto, que conseguiu tanto e nos colocou numa rota ascendente persistente e em franca evolução, cair no logro da "conversa fácil" era o pior que podia fazer. Com isto, somou pontos atrás de pontos.
Um candidato a quem a única coisa que lhe é apontável é a questão de estilo e que, até essa, independentemente de se poder não gostar, se tem que reconhecer que tem dado esmagadoramente mais frutos do que aqueles que tem perdido, poderia ser uma tentação entrar nesse tipo de debate, mas seria também um erro. Mas Bruno de Carvalho não o fez, e fez bem!
BdC defendeu-se, é certo, mas outra coisa não seria de se esperar, tal a baixeza de alguns dos ataques produzidos pela lista A. Até porque já mostrou extensivamente que não é pessoa de se ficar ou submeter: geralmente vai de frente, venha quem vier, goste-se ou não.
E foi tudo, porque mais não interessava: a consistência, a substância, o nervo, a potência, a capacidade, estão do lado de BdC, e foi bom deixar a discussão nesse nível, porque são esses os factores que verdadeiramente interessam ao clube. Um nível que nos faltou durante quase duas décadas, de que foi extremamente difícil recuperar, mas que voltou pela sua mão e pelo seu mérito (e da direcção que dirigiu) e agora lhe dá todo o direito de o defender, tomar por certo e colher os devidos louros.
O Sporting está bem, muito bem e recomenda-se. E a generalidade dos sportinguistas constatam que, não obstante as dificuldades, está poderoso, no rumo certo e desejam mais e mais disso! Não vale a pena apresentar o rol incrível de feitos e concretizações que o comprovam, porque além de extensos são bem conhecidos e do orgulho de todos nós. Houve alguns erros aqui e alí, cada um teria "intervido" de forma distinta aqui e alí, mas até nos parcos erros não só a evolução foi notória, como os superiores interesses do Sporting ficaram sempre (e bem!) salvaguardados.
O Sporting que MR tenta "pintar", não só não existe, como o "caminho" que apresenta para supostamente o "resolver"... não obrigado! A "sublime" importância de ser "lavadinho", "educadinho", ainda menos - basta recordar essa era de "Sporting-das-tias" para se saber que... não obrigado, de todo! Essas são prioridades inúteis, inócuas, deslocadas e desinteressantes, a não ser, obviamente, para susceptíveis, para os adversários e, em particular, para a máquina lampiã. Para esses, é o candidato de tal forma perfeito que os deixa ainda mais empenhados e a salivar só da possibilidade.
Por meu lado, alheio aos interesses lampiónicos e totalmente indiferente à verborreia produzida pela sua máquina, avaliei os candidatos exclusivamente pelas suas propostas e desempenho, pela minha cabeça, e os meus votos vão direitinhos e sem pestanejar para Bruno de Carvalho.
Ouvi com atenção as duas candidaturas, li os programas, acompanhei o debate público, assisti ao debate em "nossa casa".
Não considero MR um benfiquista, nem um "inimigo", mesmo considerando algumas baixezas a que deitou mão (que vou considerar que foi por desespero) e alguns atropelos à estratégia e aos superiores interesses do Sporting, que não soube ou não quis evitar.
Não me deixei levar pelas estratégias de indução e manipulação vermelhas e azuis, mas não deixei também de ter que constatar a fraqueza patente do candidato, que os levou a promover e alimentar essa candidatura. E também a falta de competência que MR mostrou, quando foi incapaz de resistir a adoptar e usar sound-bytes vindos da tal "máquina", de que supostamente seria "anti", enterrando-se ainda mais.
Reconheço que MR se apresentou em manifesta desvantagem, por estar a concorrer contra aquele que é, já hoje e pela obra feita, um dos melhores Presidentes que o Sporting teve na sua história. Pelo menos (e na minha opinião) no meio século que levo de vida, eu que vivi e me lembro bem o tempo de João Rocha.
BdC não é perfeito, não está isento de erros, nem tem uma varinha mágica (também não o presume) que garanta os resultados desportivos que todos desejamos (a única coisa que nunca nenhum presidente poderá garantir, a não ser por demagogia). Mas, simplesmente, feitas as contas, as condições para sermos ganhadores são substantivas, consistentes e estão a ser melhoradas a cada dia, como é patente em todas as modalidades, incluindo o futebol.
BdC é um Presidente "brutal", que nos soube recolocar de volta no caminho certo. Tem um sentido estratégico apurado e a potência, a inteligência e o conhecimento (comprovado!) necessários para nos conduzir bem longe, como está patente pela imensa onda verde que voltou a sair à luz do dia e a dizer orgulhosamente presente. 
Respeito o facto de MR se ter candidatado, com o mesmo sentido de elevação que me merecerá sempre qualquer candidato ao nosso Sporting. Mas, pensando e pesando tudo, foi muito "poucachinho". Agradeço o seu esforço, embora um bocado inepto e atabalhoado, mas... não obrigado!
A única coisa que desejo neste momento é que nenhum sócio deixe de ir votar e que o faça o mais informadamente possível. Porque tenho a convicção de que, se assim for, Bruno de Carvalho não só vai ganhar, como ganhará com uma margem esmagadora, e isso é muito importante para o futuro a médio e longo prazo do nosso Sporting, bem mais do que as dores que causará aos nossos adversários e ao "seu" candidato desejado, Madeira Rodrigues.
Venham mais 4 anos de Bruno de Carvalho.
Venham mais 4 anos de crescimento e engrandecimento da potência do Sporting Clube de Portugal.
Venham mais 4 anos de orgulho!
Saudações Leoninas.

ULTIMA HORA: Confirma-se Pedro Madeira Rodrigues é atrasado mental!



É este anormal que muitos apoiam para presidente do Sporting?
Mas querem ver mais em como este cromo não passa de um atrasado mental...
Vejam na imagem em baixo onde este energumeno viu ontem o jogo do Sporting na Amoreira...
O local onde viu o jogo é destinado aos associados do Estoril!
É candidato à presidência do Sporting e vai ver o jogo para uma bancada destinada aos associados do adversário do Sporting?
Será que foi para esse local com convites de alguem do Estoril?
Então em vez de ir para perto do eleitorado faz o inverso, isolando-se?
Este individuo não passa de um betinho asqueroso que não representa o verdadeiro sportinguismo!

Estoril 0 - Sporting 2...Justissimo mas sem chama!



SPORTING: Rui Patrício, Schelotto, Paulo Oliveira, Coates, Jefferson, William Carvalho, Palhinha, Gelson Martins, Bryan Ruiz, Alan Ruiz e Bas Dost
0-1 Bryan Ruiz aos 22 min.
AO INTERVALO: 0-1
0-2 Bas Dost (pen.) aos 86 min.
Quando se viu a constituição da equipa o que se notou foi que esta equipa era uma equipa lenta, onde se viam William Carvalho, Palhinha, Alan Ruiz e Bryan Ruiz e isso foi notório em toda a 1ªparte e foi mesmo o Estoril que mais se aproximou da nossa baliza mas sem conseguir criar perigo para a baliza de Rui Patrício e foi mesmo o Sporting a marcar e a ter mesmo mais duas grandes oportunidades para poder chegar ao golo!
Notou-se claramente que William Carvalho está a jogar fora do seu habitat natural mas até esteve bem nas definições de passe mas seria um meio-campo muito mais agressivo e rápido tivéssemos Geraldes a jogar à sua frente e até porque Palhinha não dá a mesma segurança defensiva ou segurança nas saidas para o ataque e poucas vezes o faz!
Jefferson que começou com algumas dificuldades até foi melhorando foi sempre pelo seu lado que o Estoril foi atacando, claro que o treinador do Estoril percebeu onde estava o “pote” do ouro na defesa do Sporting mas Licá nunca conseguiu tirar grandes vantagens das debilidades de Jefferson!
Um jogo que nunca esteve dominado pelo Sporting, um Sporting a praticar um futebol algo sonolento mas que acaba por chegar ao intervalo com uma vantagem justa visto que foi a única equipa que criou real perigo para as balizas!
Será apenas impressão ou Gelson Martins está a atravessar um momento menos bom nesta época?
Paulo Oliveira e Coates muito bem e Schelotto também bem, estes talvez os melhores a par de William Carvalho em mais uma exibição medíocre do Sporting!
O Sporting veio um pouco melhor para a 2ªparte e tem duas grandes ocasiões para marcar por parte de Bas Dost e outra de Gelson e ambas na cara do guarda-redes!
É verdade que o futebol praticado pela nossa equipa não foi do melhor, equipa muito amorfa e lenta mas sempre com o jogo controlado e sem deixar que o Estoril cria-se perigo para a nossa baliza!
Palhinha subiu um pouco na 2ªparte mas teve momentos que abriu brechas no centro do terreno que nos podiam criado alguns amargos de boca mas a verdade é que esta filial do Carnide é uma equipa fraca e torcemos para que desça de divisão!
Só mesmo numa oferta de Jefferson a Kléber nos podia ter custado um golo sofrido!
O Sporting hoje foi uma equipa segura e mesmo sem jogar bem teve sempre o jogo controlado, a vitória é justa e merecida!
No lance da grande penalidade a favor do Sporting é claro o fora-de-jogo de Bas Dost na sequência do cruzamento de Schelotto mas a grande penalidade é bem assinalada mas fica o erro do árbitro auxiliar, nós aqui não temos palas nos olhos e vemos claramente o off-side de Bas Dost nesse lance mas não é por aí que podemos que o Sporting não foi um justo vencedor desta partida!
Mas mantem-se a mediocridade exibicional desta equipa e Gelson Martins parece-nos estar em claro défice de rendimento, William Carvalho a jogar fora do seu habitat e com Palhinha nas suas costas deixa o meio-campo do Sporting muito vulnerável, é de repensar melhor senão seria melhor recuar William e fazer entrar Geraldes!
Alan Ruiz hoje mais discreto mas nota-se que está a subir!
O resultado acaba por ser justo e numa exibição quanto baste para vencer mas sem qualidade, sem velocidade e mais uma vez sem garra!

- Duas nota finais, grande vitória da nossa equipa de futebol feminino em casa frente ao Sp.Braga que deixa a nossa equipa bem encaminhada para a conquista do titulo e vamos aguardar serenamente pelo anuncio do treinador do "candidato ridículo"!